A Reprodução da Microbiota Intestinal em Imunossuprimidos

Autores

  • ESTER MARIA NASCIMENTO

Resumo

O artigo a seguir consiste em uma minuciosa pesquisa com intuito de salientar através

de revisão bibliográfica a importância do monitoramento e cuidados paliativos em

conjunto ao tratamento proposto pela OMS (Organização Mundial da Saúde) da

Microbiota intestinal em pacientes portadores do vírus HIV (Vírus da Imunodeficiência

Humana) principalmente dos pacientes que fazem uso de Coquetéis Antirretrovirais,

pois estes desestabilizam a mesma. Esta pesquisa qualitativa e descritiva embasa-se

em tratamentos que envolvem diretamente este Microbioma para melhoria da

qualidade de vida destas pessoas, através da manutenção e reposição de probióticos

e prebióticos mantenedores da homeostasia da Microbiota intestinal como parte

importante do sistema imune que é gravemente atacado por tal vírus, sob o fato de

que a flora intestinal sofre alterações tanto devido ao uso dos antirretrovirais quanto a

ação do próprio vírus sobre os microrganismos que fazem parte deste sistema

operacional do organismo humano. Como enfoque secundário demonstra-se a

importância de cuidados periódicos do grau de danos à saúde entérica por meio da

análise do funcionamento intestinal dos pacientes portadores do Vírus de

Imunodeficiência Humana expostos nos manuscritos analisados durante toda a produção deste artigo. 

Downloads

Publicado

2024-04-29

Como Citar

MARIA NASCIMENTO, E. (2024). A Reprodução da Microbiota Intestinal em Imunossuprimidos . Portal De Conferências Da Semana Do Conhecimento, 7(1). Recuperado de https://sdc.guarulhos.sp.gov.br/index.php/SDC/article/view/1483